domingo, outubro 29, 2006

e sonho que me estás acariciando...


Maria Amaral - rêve dùne caresse



Danças...
teus gestos são
carícias mansas,
a tua dança é um tateio vago,
é o próprio tato dedilhando
as melodias do afago...
Danças,
e fico,
a quando e quando,
presa de gozo singular,
e sonho que me estás acariciando,
e sinto em todo o corpo o teu gesto passar.


Gilka Machado

Sem comentários: