segunda-feira, junho 18, 2012

Luz

.
Emiliano Di Cavalcanti


tua mão na minha
acendia as minhas veias
meus olhos viam além das paredes
mas tropecei nos teus braços
bêbada de luz.


Ivone Vebber

Sem comentários: