quinta-feira, abril 19, 2012

A minha colcha encarnada

.
Jim Morton


Perfumes estonteantes,
atiram-me embriagada
sobre os cetins roçagantes
da minha colcha encarnada!

Em espasmos delirantes,
numa posse insaciada -
rasgo as sedas provocantes
em que me sinto enrolada!

Tomo o cetim às mãos cheias.
Sinto latejar as veias
na minha carne abrasada!

Torcem-me o corpo desejos
mordendo o cetim com beijos
numa ânsia desgrenhada.


Judith Teixeira
Noite de Dezembro 1922 - Horas de Febre

Sem comentários: