quinta-feira, dezembro 14, 2006

Todas as tardes...

....

Lia Chechelashvili
Todas as tardes levo a minha sombra a beber
Como uma nuvem ao mar de que saiu o meu ser.

Vitorino Nemésio

1 comentário:

eccerui disse...

As mãos no lume
... e na parede
a sombra do meu amigo

matsuo bashô