terça-feira, maio 08, 2007

Comigo me desavim...

...

Gustav Klimt
.
.
Comigo me desavim,
sou posto em todo perigo;
não posso viver comigo
nem posso fugir de mim.
.Com dor, da gente fugia,
antes que esta assim crecesse;
agora já fugiria
de mim, se de mim pudesse.
Que meo espero ou que fim
do vão trabalho que sigo,
pois que trago a mim comigo,
tamanho imigo de mim?.
.
Sá de Miranda

1 comentário:

Ademar Oliveira de Lima disse...

Eu musiquei esta maravilha de Sá de Miranda! Abraços Ademar!!