quinta-feira, maio 17, 2007

Se te encontrasse, agora...

...
Ken Flett
.
.
Se te encontrasse, agora, na paisagem
nocturna dos fantasmas da cidade,
contava-te dos nossos pobres versos
no teu rasto de sombra e claridade.
Contava-te do frio que há em medir
a distância entre as mãos e as estrelas,
com lágrimas de pedra nos meus passos,
e um cansaço impossível de escondê-las.
Contava-te da nossa pobre história,
de desenhar na sombra das paredes
e de tecer o destino que escolheres.
.
De uma história de luas e de esquinas
com retratos e flores da madrugada
ou da luz, da luz de anoitecer.
.
.
Letra: Dinis Machado
Música: José Luís Tinoco
Interpretação: Carlos do Carmo

Sem comentários: